Entrevista com o deputado federal delegado Waldir




"O Brasil é um país injusto. A Reforma da Previdência é a mais fundamental, tanto para mim, como para o Davi [Alcolumbre] (DEM), como para o Maia [Rodrigo] (DEM), quanto para o presidente Bolsonaro quanto para sua equipe econômica. É imprescindível para o país, para os municípios e para os estados. Hoje, se compromete de 60 a 80% do orçamento com a previdência, não tem sobrado recursos para saúde, educação, segurança, investimentos e geração de emprego. Nós temos que acabar com os privilégios. Hoje, 70% da população brasileira ganha até um salário mínimo. Os outros 30% são diluídos entre as outras carreiras. Há um teto, para a iniciativa privada de R$ 5.5 mil, já os servidores públicos tem um teto de até R$ 39 mil, mas acabam existindo penduricarias que acabam levando mais dinheiro público".

Comentários