Hamilton Mourão concorda com a União Europeia e diz que intervenção militar na Venezuela deve ser evitada

["A intervenção] seria prematura e sem sentido. O problema venezuelano deve ser resolvido pelos venezuelanos", disse Mourão à agência AFP, no momento em que o Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, ordenava o fechamento da fronteira com o Brasil a dois dias da data anunciada pelo seu opositor Juan Guaidó para a entrada de ajuda humanitária no país.
Resultado de imagem para mourão
O vice-Presidente do Brasil comunicou hoje, através da rede social Twitter, que irá na próxima segunda-feira a Bogotá, capital colombiana, representar o Brasil no Grupo de Lima, numa reunião na qual estará presente o representante norte-americano, Mike Pence.

"Por determinação do Presidente Jair Bolsonaro estarei na segunda-feira em Bogotá, na Colômbia, para representar o Brasil na reunião do Grupo de Lima. Discutiremos os desenvolvimentos da crise na Venezuela que fechou hoje a sua fronteira com o nosso país", escreveu Mourão.

Comentários