Por não portar credencial Roger Federer é barrado por segurança do Australian Open

Que situação! O episódio serve de exemplo de que a lei é para todos independentemente da cara do cidadão, e é preciso enaltecer a atitude do mega-campeão que não deu xilique e não impôs a sua condição para entrar na marra.Nem um currículo com 20 títulos de Grand Slams impediu que o tenista Roger Federer fosse barrado na entrada do vestiário do Aberto da Austrália, no último domingo. O suíço teve seu acesso bloqueado por um segurança por estar sem a credencial que dá acesso às áreas restritas do evento.  Em vídeo que circula na web, Federer aparece esperando pacientemente até que um membro da sua comissão técnica apresenta o documento.

Comentários