Os governantes precisam desmontar o palanque e trocar o discurso de "herança maldita" por ações concretas de gestão

Agora é preciso trabalhar para solucionar os problemas. Não cabe mais a Bolsonaro creditar a culpa a ideologia de esquerda e nem Caiado justificar eventuais erros com decisões de Marconi ou Zé Eliton, afinal foram eleitos para solucionar os problemas e não para seguir num mi mi mi eterno. 
Em Goiás o ano começa com inúmeras demandas, sendo prioridades o pagamento dos servidores, saúde e a reestruturação das forças de segurança, não necessariamente nesta ordem. O Governador Ronaldo Caiado e seus auxiliares precisam agir primeiro nas áreas que mais afligem os goianos.
Bolsonaro num primeiro momento concentra forças para aprovar as reformas e empoderar os ministérios da economia e justiça. Na nossa modesta opinião, o presidente empossado precisa se dedicar a questão do desemprego que assola o país.

Comentários