Enem vai priorizar ensino e não mais promover a ‘lacração’, diz Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro, ao elogiar o novo coordenador do Enem, enfatizou que o exame passará a priorizar conteúdos e não mais servir como ferramenta de doutrinação. Bolsonaro disse: “Murilo Resende, o novo coordenador do Enem é doutor em economia pela FGV e seus estudos deixam claro a priorização do ensino ignorando a atual promoção da “lacração”, ou seja, enfoque na medição da formação acadêmica e não somente o quanto ele foi doutrinado em salas de aula”.

Comentários