A ECONOMIA QUE VAI NOS SALVAR





Você já imaginou comprar um xampu que vem numa garrafinha de água mineral? E estamos falando num xampu de qualidade, com ingredientes naturais e produção certificada. A solução inovadora - não só no Brasil, mas no mundo - foi criada por dois estudantes universitários de São Paulo. Com pouco mais de um mês de vida, a Reload já está fechando parcerias com grandes marcas no país e mira o mercado internacional. E está fazendo um grande serviço para uma natureza que agoniza e para o sistema precário de aproveitamento de lixo no Brasil.
Enquanto a reciclagem ainda engatinha por aqui, a Reload traz o avanço: a reutilização. Já existe até um nome para esse modelo de negócio. É a economia criativa - que pode nos salvar.
Cada brasileiro produz mais de 1 kg de lixo por dia. Mas recicla só 3% disso (Abrelpe/Min. Meio Ambiente). Só de plástico, o país descarta 10,5 milhões de toneladas por ano, 13% do total de resíduos. Se fosse reciclado, esse plástico poderia injetar R$ 5,7 bilhões na economia. E a produção de plástico deve crescer 30% nos próximos dez anos (Sind. Nac. Empresas de Limpeza Urbana).
Reciclar já não é suficiente. Precisamos repensar o consumo. Neste É Pessoal, Thais Herédia convida você a fazer isso, nesta entrevista com um dos criadores da Reload.

A ECONOMIA QUE VAI NOS SALVAR

Comentários