Tamanho do escândalo na Alerj pode ser assombroso

Ricardo Boechat repercutiu o caso das movimentações suspeitas na conta do assessor do deputado Flávio Bolsonaro (PSL). O jornalista disse ainda que esta prática não está restrita ao filho de Jair Bolsonaro (PSL). 
Segundo dados oficiais, houve movimentações suspeitas de 75 servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Tamanho do escândalo na Alerj pode ser assombroso


Comentários