Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Campeonato Brasileiro Série B: competência, sorte e favoritismo

     Uma ou outra rodada da para festejar com a sorte, mas em 38 rodadas de série B, será preciso mostrar bem mais que isso para atingir os objetivos. A competição é longa, tanto o Vila Nova quanto o Goiás devem melhorar ou piorar seu rendimento. Porém, no momento, não vejo motivos para tanto otimismo do lado vermelho e nem o pessimismo exacerbado do lado verde. 
     O 3 a 1 do Tigrão sobre a equipe do Maranhão soa como resultado enganador por não traduz o que foi realmente a partida. É bem verdade que os goianos souberam sofrer nos muitos momentos da partida em que o Colorado foi dominado pelo Sampaio Correa, o ataque, até então improdutivo, não funcionava e a torcida já pegava no pé de Keké, Matheus Anderson e do técnico Hemerson Maria quando o até então apagado Elias "achou" um gol improvável que representou a tranquilidade que a equipe precisava no jogo. Os maranhenses sentiram o baque, a partir dali acusaram cansaço e se deram por entregue logo após o gol de Matheus Anderson que sacramentou o resultado.
     A situação Esmeraldina é a mesma, mas numa conotação diferente, pois se do lado Colorado os Deuses do futebol conspiram para que tudo dê certo, para o Goiás nada tem dado certo, o time que começou a ser formado ainda em 2017 pelo técnico Hélio dos Anjos e não conheceu nos primeiros quatro meses do ano o dissabor de uma eliminação, der repente passou a não funcionar enquanto equipe. O fator entrosamento é primordial para o sucesso de um time, isso o Goiás vem adquirindo com o passar do tempo e as disputas, a conquista do tetracampeonato Goiano e a sequência de classificações na Copa do Brasil não dão segurança de que o time não entrará numa crise profunda caso não engate uma sequência de vitórias na Série B, competição a qual o Alviverde é cotado como um dos favoritos ao acesso.
     A sorte que tem sido colaborativa com o Tigrão até agora, tem faltado pelos lados da Serrinha, mas é preciso manter a calma e o foco por que no final da 38ª rodada o que irá prevalecer são a competência, a qualidade e entrosamento do elenco daqueles que querem estar entre as quatro equipes que vão ascender a elite do futebol brasileiro em 2019. Apesar do começo desastroso, o Goiás é o grande favorito desta edição do brasileiro série B.
     Dos três o Atlético Goianiense talvez seja a maior incógnita, não fez um estadual condizente com suas tradições, mas iniciou a Série B mostrando um futebol competitivo, ao tal ponto de não ter feito feio nas três primeiras rodadas. É um time que vai se entrosar no decorrer da competição, tem um treinador trabalhador e motivador que pode levar os torcedores a sonhar com dias melhores.
Vila Nova, Atlético e Goiás no Campeonato Brasileiro Série B: competência, sorte e favoritismo

Google+ Followers - Seguidores

Assuntos de Goiás

QB

QB

Arquivo do blog

Compartilhe com o mundo

videos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nalytic