Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Aprenda como apagar seus rastros deixados no Google e no Facebook

 O vazamento dos dados pessoais de 87 milhões de usuários do Facebook serviu de alerta sobre como as empresas lidam com a privacidade e a proteção das informações de quem usa seus serviços. E sobre como esses dados podem ser usados em benefício de interesses particulares. No caso do Facebook, as informações foram usadas de forma indevida pela Cambridge Analytica, que prestou consultoria para a campanha presidencial de Donald Trump.

Uma forma de proteger os dados pessoais é apagando todas os vestígios de sua navegação em sites que coletam essas informações, como Google e Facebook. O problema é que o rastro é imenso, pois os dados são coletados toda vez que você faz uma busca no Google, envia um e-mail pelo Gmail, compartilha um documento pelo Drive ou usa o Maps para achar o endereço de destino. O Google também é dono da plataforma de vídeo YouTube e do navegador Chrome, que tem capacidade para armazenar conversas, senhas, localização, compras, sites mais acessados. O Facebook é dono do WhatsApp, Instagram e Messenger, por exemplo.

“As grandes empresas de internet têm o mapeamento de todos os seus usuários. Ao optar por utilizar as redes sociais, o usuário ​precisa estar ciente que também é responsável pelo que posta e compartilha e ​deve se precaver de outras maneiras, especialmente ao não permitir que outros aplicativos tenham acesso aos seus dados”, explica Bruno Prado, CEO e presidente da UPX Technologies, empresa especializada em performance e segurança digital. “O usuário pode preencher o menor número possível de informações pessoais, pois todas essas informações podem ser utilizadas, inclusive por criminosos”, destaca ele.

Google+ Followers - Seguidores

Assuntos de Goiás

QB

QB

Arquivo do blog

Compartilhe com o mundo

videos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nalytic