Levy acalma o mercado, e será o ‘Choque’ de Dilma

Na Sexta Feira o Governo fez fumaça, mas não anunciou de forma oficial o nome de Joaquim Levy para ocupar a pasta da Fazenda, mas o simples fato do nome de Levy ser ventilado serviu para manter o mercado tranquilo.

Levy é nome de consenso junto aos bancos no Brasil e aos organismos internacionais. 

Ele foi consultor do Banco Mundial após deixar o governo Lula, tem bom trânsito em Washington e foi o homem do ‘choque de gestão’ do primeiro governo de Sérgio Cabral no Rio.

Levy fez o choque de gestão no governo Cabral: fundiu secretarias, cortou custos e em seis meses colocou as contas em ordem, sem sacrificar a gestão. Havia déficit bilionário.
Levy acalma o mercado, e será o ‘Choque’ de Dilma

Comentários