Liverpool desbanca Chelsea da vice-liderança, United afunda na crise

O Liverpool assumiu a vice-liderança do Campeonato Inglês, neste sábado, pela 15ª rodada da Premier League, ao golear o West Ham (17º) por 4 a 1, desbancando o Chelsea (3º), que perdeu de virada por 3 a 2 no campo do Stoke City (12º).

Os 'Reds' têm os mesmos 30 pontos dos 'Blues', mas levam a melhor no critério do saldo de gols (+16 contra +13). A duas equipes ficaram a quatro pontos do líder Arsenal, que pode voltar a disparar na ponta se derrotar o Everton (5º) neste domingo.

Mais cedo, o Manchester United sofreu sua segunda seguida em três dias em Old Trafford, ao perder por 1 a 0 para o Newcaste (6º).

Na última quarta-feira, os 'Red Devils', que não vencem há quatro partidas na Premier League, tinham perdido pelo mesmo placar de 1 a 0 para o Everton (5º), ex-time do técnico David Moyes.

Com o resultado, o atual campeão mergulha de vez na crise, ocupando apenas a nona posição com 22 pontos. Em 15 rodadas, o United venceu apenas seis jogos, empatando quatro e sofrendo cinco derrotas. O time não perdia duas vezes seguidas em casa há mais de dez anos, desde maio de 2002.

Sem Rooney, que cumpriu suspensão, Moyes contou com o retorno do holandês Robin Van Persie, recuperado de lesão.

O artilheiro da última edição da Premier League foi escalado ao lado do mexicano 'Chicharito' Hernandez, mas a dupla não deu certo.

Apesar de ter mais posse de bola, o time da casa não conseguiu encontrar espaços na boa defesa do Newcastle.

Os 'Magpies' acabaram marcando o único gol da partida aos 16, com uma jogada 100% francesa. Sissoko arrancou na direita, driblou o compatriota Evra e cruzou para Cabaye mandar a bola de primeira para as redes, garantindo a primeira vitória da sua equipe em Old Trafford desde 1972.

Com o triunfo, o time do norte da Inglaterra subiu para a sexta posição com 26 pontos, quatro a mais do que seu adversário do dia.

Em Anfield, o duelo entre Liverpool e West Ham teve nada menos de três gols contra. O marfinense Guy Demel foi o primeiro a marcar o patrimônio, deixando os 'Hammers' no prejuízo aos 42 minutos de jogo.

O francês Mamadou Sakho ampliou para os 'Reds' logo depois do intervalo, aos 2 minutos do segundo tempo, mas os visitantes descontaram aos 21 com gol contra de Skretel.

O uruguaio Suárez fez 3 a 1 para os anfitriões aos 36, disparando na artilharia com 14 gols marcados.

Três minutos depois, O´Brien, em mais um gol contra, fechou a goleada do Liverpool.

No estádio Brittania de Stoke, o alemão Andre Schurrle, escalado no lugar do brasileiro Oscar, lesionado, balançou as redes duas vezes, mas não foi suficiente para impedir a derrota do Chelsea.

Crouch e Ireland fizeram os dois primeiros gols do time da casa e o marroquino Ossama Assaidi deu a vitória aos 'Potters' nos acréscimos, poucos minutos depois de entrar em campo no lugar de Walker.

O Chelsea não foi o único time da parte de cima da tabela a tropeçar. O Manchester City não saiu de um empate em 1 a 1 no campo do Southampton (8º) e caiu da terceira para a quarta posição.
Leia mais: Liverpool desbanca Chelsea da vice-liderança, United afunda na crise - Terra Brasil

Comentários