Reinaldo

Os 40% de Bolsonaro e como as democracias morrem


Uma pesquisa CNT/Ibope aponta que a aprovação do governo Bolsonaro voltou a subir. Quarenta por cento dos entrevistados consideram a gestão ótima ou boa, enquanto o ruim ou péssimo caiu de 38% para 29%. 
Reinaldo Azevedo aponta duas razões principais para o crescimento da aprovação: o auxílio emergencial e a adoção de um discurso moderado sobre as instituições democráticas. O apresentador ainda ressalta o peso que as declarações polêmicas de Bolsonaro exercem sobre boa parte de seu eleitorado.

Comentários

Questão Brasil

Questão Brasil - 09/04/2019