O delator do esquema de Witzel


Como registramos mais cedo, a operação de hoje é resultado do aprofundamento das investigações da Operação Placebo, que apura desvios em contratos emergenciais da Covid-19, e da delação do ex-secretário de Saúde Edmar Santos. 
Há duas semanas, o ministro do STJ Benedito Gonçalves homologou o acordo de colaboração de Santos, que admitiu as fraudes e se comprometeu a devolver R$ 8,5 milhões aos cofres públicos.
--

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019