Mais obras e auxílio social: o 'desenvolvimentismo' econômico que aproxima Bolsonaro do PT

A classe média, a elite brasileira e a direita em geral sempre se posicionou contra os avanços sociais promovidos pelo PT, mas de repente Jair descobriu que é através da inclusão dos mais pobres e a inserção do povo no orçamento ele poderia se tornar popular ocupando a cadeira de Presidente da República. Os filhos do presidente que sempre reclamaram das "bolsas" distribuídas pelo PT, agora estão fazendo cara de paisagem e caladinhos em relação ao populismo do pai, afinal de contas é a manutenção do poder que está em jogo.
E a oposição porque tem reclamado desse novo comportamento de Bolsonaro? A crescente popularidade do inquilino do Alvorada complica planos eleitorais futuros, mas não deixa de ser festejado por várias correntes políticas de esquerda, afinal de contas os mais carente estão ou serão atendidos pelos programas do governo.  
Bolsonaro ou Lula: quem se sai melhor nas pesquisas eleitorais
Após se eleger com a agenda liberal de Paulo Guedes, Bolsonaro quer aumentar a transferência de renda e fazer mais obras públicas pelo país. No vídeo, a repórter Mariana Schreiber explica por quê.


Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019