Auxílio emergencial deve ser prorrogado



O presidente Jair Bolsonaro planeja prorrogar o auxílio emergencial até o fim do ano. O valor que será pago deve ser reduzido de R$ 600 nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, de acordo com fontes que participam das discussões. Bolsonaro sinalizou a integrantes da equipe econômica que o valor seria de R$ 250. 
Integrantes da área política do governo ainda tentam convencer Bolsonaro a pagar um valor um pouco mais alto, de R$ 300, valor que foi citado por Bolsonaro a líderes num almoço nesta quarta-feira. Líderes de partidos, porém, querem a extensão até o fim do ano, com uma parcela no patamar de R$ 600 e outras de R$ 300.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019