Polêmica entrevista de Regina Duarte desnuda falta de política para cultura



A ausência de uma política emergencial da Secretaria Especial de Cultura para socorrer a classe artística durante a crise do novo coronavírus deixou em situação de abandono milhões de profissionais dedicados a levar entretenimento e diversão à população. As incertezas são ainda maiores por conta das polêmicas envolvendo a titular da pasta, a atriz Regina Duarte, que ressurgiu na semana passada, após dois meses desaparecida, em uma desastrosa entrevista em rede nacional.

A secretária especial de Cultura, procurada pelo Correio para falar sobre políticas públicas voltadas ao setor, não retornou com as informações

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019