Em entrevista, aliada de Bolsonaro antecipou operação da PF contra governadores

Em entrevista à 'Rádio Gaúcha', nesta segunda, a deputada Carla Zambelli (PSL) disse que operações da Polícia Federal 'estavam na agulha para sair'. Na manhã desta terça, a PF cumpriu mandados de busca e apreensão contra o governador do Rio, Wilson Witzel, em investigação de supostos desvios na saúde. 'Se eu tivesse relações promíscuas com a PF, a operação de hoje seria chamada de Estrume e não Placebo', disse ela. 
Fonte: Aliada de Bolsonaro antecipou que governadores eram alvo da PF; ela nega ter informações privilegiadas / Twitter

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019