Em depoimento, Carla Zambelli disse que não pediu a Bolsonaro para nomear Moro ao STF. Mensagens trocadas com ex-ministro sugerem que alguém mentiu


A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) enviou uma mensagem ao então ministro da Justiça Sergio Moro, em 23 de abril, para convencê-lo a não pedir demissão. 'A gente conversa e ele lhe garante a vaga no STF este ano', afirmou a parlamentar.
 

Mídia de cabeçalho

Em outro trecho, Moro diz: 'Se o PR anular o decreto de exoneração, ok', em referência ao ex-diretor-geral da PF, Maurício Valeixo. Bolsonaro compartilhou o trecho e disse que 'fica claro que, com a possível revogação do decreto de exoneração, qualquer "interferência" por parte do Presidente deixaria de existir'.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019