Bolsonaro tem distensão abdominal e passa a receber alimentação pela veia

#BoletimMedico: O Presidente @jairbolsonaro passou a ser alimentado de forma endovenosa (pela veia) após apresentar uma distensão abdominal. Apesar disso, ele segue sem febre nem dores e se recupera bem! 
Mídia de cabeçalho
Boletim médico divulgado nesta quarta-feira afirma que o presidente 'evoluiu há 12 horas com lentificação dos movimentos intestinais e distensão abdominal, sendo submetido a passagem de sonda nasogástrica e introdução de nutrição parental (endovenosa)'. A nota, contudo, destaca que Bolsonaro permanece sem dor, sem febre e sem disfunções orgânicas. 'A reintrodução da alimentação por via oral será avaliada diariamente', diz o texto.
Imagem

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019