'Espero que a Argentina reflita muito sobre essa visita de seu candidato a Lula', diz Bolsonaro em entrevista a jornal argentino

Às vésperas de uma nova viagem para a Argentina, para compromissos do Mercosul , o presidente Jair Bolsonaro declarou ao jornal argentino "Clarín" que espera que o país vizinho "reflita muito sobre essa visita de seu candidato a Lula". Apoiado pela ex-presidente Cristina Kirchner, Alberto Fernández visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula  da Silva, na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em  Curitiba , no começo de julho. Na ocasião, ele criticou a prisão do líder petista, afirmando tratar-se de uma "mácula ao Estado de Direito". E prometeu se manter ao lado do brasileiro, que cumpre pena de oito anos e dez meses de prisão no caso do tríplex do Guarujá.
O presidente da Argentina, Mauricio Macri, ao lado de Bolsonaro, no G20, em Osaka, em junho. Foto: JORGE SILVA / REUTERS
"O candidato de Cristina Kirchner não conhece a realidade brasileira. Aqui confiamos em nossas instituições. Lula foi condenado em três instâncias. Espero que a Argentina reflita muito sobre essa visita de seu candidato a Lula", declarou o presidente ao jornal.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019