Sérgio Moro no olho do furacão: FRAUDE nas ELEIÇÕES DE 2018 #VAZAJato



MORO FRAUDOU ELEIÇÕES DE 2018
Moro e Dallagnol sempre foram acusados de operarem juntos na Lava Jato, mas não havia provas explícitas dessa atuação conjunta – até agora.
Se existir algum resto de justiça no Brasil, três coisas, segundo professor da UnB, precisam acontecer urgentemente:
1° Lula livre;
2° Prisão de Moro e Dallagnol;
3° Anulações das eleições de 2018.
O Povo trabalhador do Brasil...
Precisa reagir... a derrubada de Dilma e a prisão ilegal de Lula tinha e tem objetivos claros, entregar as riquezas do país e ferrar com a classe trabalhadora...
Os partidos de esquerdas e Movimentos Sociais se reúnem hoje em SP...
Nessa combinação anti Brasil Moro e Dallagnol formaram uma quadrilha...
Dia 14 de junho, próxima sexta feira, precisamos parar o país...
O site The Intercept trouxe uma matéria bombástica sobre a interferência do juiz Moro, do Dallagnol.
A matéria já foi divulgada nos EUA e na Europa.
Falta a grande imprensa brasileira divulgar...
Como toda ela está comprada, acredito que não irão falar...
O povo precisa sair às ruas para exigir novas eleições...
E a prisão do Moro e Dallagnol
Precisamos contar essa ilegalidade esse verdadeiro absurdo às pessoas comuns, todo mundo precisa ajudar a divulgar.
As eleições de 2018 foram completamente fraudadas.
O que vocês verão na matéria do The Intercept Brasil, em parte o Resistência Contemporânea, vem falando já há bastante tempo.
Exclusivo: chats privados revelam colaboração proibida de Sergio Moro com Deltan Dallagnol na Lava Jato
Uma enorme coleção de materiais nunca revelados fornece o olhar sem precedentes sobre as operações da força-tarefa anticorrupção que transformou a política brasileira e conquistou a atenção mundial.
Sergio Moro e Deltan Dallagnol trocaram mensagens de texto que revelam que o então juiz federal foi muito além do papel que lhe cabia quando julgou casos da Lava Jato. 

por José Gilbert Arruda Martins

Referências:

The Intercept

IMAGEM: Revista Forum

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019