Inferno Astral? Neymar Júnior é acusado de estupro em Paris. Suposta vítima registrou BO em São Paulo

Uma mulher acusa o jogador de tê-la estuprado em Paris, no dia 15 de maio. Sua identidade é mantida em segredo pela polícia paulista. 
Mídia de cabeçalho
     A suposta vítima registrou um boletim de ocorrência nesta sexta, na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro. Em vídeo postado nas redes sociais, Neymar se defendeu e expôs as mensagens que trocou com a garota.

     'Quem me conhece sabe do meu caráter e índole. Sabe que jamais faria uma coisa desse tipo', afirmou. Segundo ele, houve sim relação sexual, mas reiterou que ela foi consentida.

     A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou o que a imprensa vem reportando desde Sexta-feira. Neymar Júnior é investigado por estupro pela Polícia Civil de São Paulo. Uma denúncia contra ele foi feita em uma Delegacia da Mulher na Zona Sul de São Paulo.
Imagem
      A mulher alega que: "conheceu o Neymar pelo insta, foi convidada para dar uma volta em Paris. Na hora de conhecer o jogador, ele estava alcoolizado e forçou sexo". Ela voltou para o BR e registrou B.O.

      Consta na denúncia o conteúdo do depoimento: "Por volta das 20h, Neymar teria chegado embriagado ao hotel. Após trocas de carícias a mulher acusou Neymar de ficar agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual sem o consentimento da vítima".

      Por meio das redes sociais Neymar Júnior respondeu às acusações que foram feitas no BO, em vídeo, e ainda postou toda a conversa com a moça por WhatsApp: 'Quem me conhece sabe do meu caráter e índole. Sabe que jamais faria uma coisa desse tipo. O que aconteceu foi uma relação entre um homem e uma mulher, algo que acontece entre quatro paredes, algo que acontece com todo casal e, no dia seguinte, não aconteceu nada demais. A gente continuou trocando mensagem', disse o jogador.
Imagem
      Mais cedo, o pai de Neymar havia concedido entrevista ao programa de José Luiz Datena, na Band: "A gente já tá calejado com isso", disse ele no ar. "Agora vamos mostrar a verdade, o que ele se tornou. Agora nem namorar ele vai poder".


      O pai do jogador também encaminhou prints do WhatsApp para a produção do programa Brasil Urgente, mas Datena optou por não mostrar no ar, por enquanto. Neymar Pai foi categórico ao afirmar que já esperava a denúncia de estupro porque houve tentativa de extorsão para que o caso não chegasse à polícia nem à imprensa.
      É um caso complexo, controverso e que deve expor ainda mais a já desgastada imagem do atleta na mídia mundial. Em um momento em que o camisa 10 tem seu comportamento fora de campo questionado pela imprensa, a denúncia de estupro deve render paginas inteiras de matérias questionando se ele é ou não inocente.



Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019