Se der quorum, ótimo para o Governo. Se for um fiasco vão alegar que não tem nada com isso



Num primeiro momento o Presidente e os filhos compraram a ideia de lotar as ruas do país para que o governo mostrasse força para a oposição e os eleitores ratificasse o apoio total e irrestrito ao que tem sido feito por Jair Bolsonaro e seus ministros. Chegaram até a convocar a população para comparecer nos locais designados para as manifestações, mas diante das pautas apresentadas, críticas recebidas até de aliados e tendo pautas importantes para ser discutidas e votadas no parlamento levaram o Presidente da República a repensar o incentivo e a decisão de participar daquilo que pode ser visto como um protesto contra os outros poderes, legislativo e judiciário, ou sabe se lá mais o quê... Se der certo em termos de apoio, ótimo, o Governo agradece. Se der errado, os integrantes do clã vão lavar as mãos, dizer que não querem desacreditar o Congresso e muito menos o STF, ao tempo em que vão tentar remendar os acontecimentos que tem desacreditado a cada dia o governo reformista que só tem provocado retrocessos e atrasos ao país.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019