Reinaldo Azevedo diz que será possível contar o exército golpista no dia 26

Em artigo publicado nesta sexta-feira, o jornalista Reinaldo Azevedo diz que será possível contar o tamanho do exército golpista nas manifestações do dia 26. "Há apenas um aspecto positivo nas manifestações marcadas para este domingo. Vai dar para saber o tamanho do exército de Bolsonaro para dar continuidade ao trabalho de assalto às instituições, que começou, a rigor, ainda antes da posse, quando Sergio Moro aceitou o convite para ser ministro da Justiça. A vaidade do doutor vendeu a pauta da moralidade, já eivada por agressões à ordem legal, ao consórcio de extremistas que se alinhou com o presidente", afirma.
"Bolsonaro tem mais três anos e sete meses de mandato. Seus fanáticos, dentro e fora do Parlamento, vivem imersos num universo escatológico, finalista, de quem caminhasse para uma luta definitiva entre o Bem, que eles encarnariam, e o Mal, que reúne todos aqueles que não se ajoelham diante da Verdade Revelada", pontua ainda Reinaldo.

"O Brasil não é uma empresa. E países não fecham. O que pode lhes acontecer, a depender das escolhas feitas pela maioria ou por quem pode se impor à maioria, é piorar sempre. Qual é o limite? Não há limite", adverte.
Reinaldo diz que será possível contar o exército golpista no dia 26 | Brasil 247

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019