Pelo amor de Deus, presidente!


Depois da tempestade no Brasil vem o tsunami. Ontem ficamos sabendo que o PIB do último trimestre foi negativo em 0,2% e hoje já tomamos conhecimento de que o desemprego também foi maior do que o do trimestre passado: 12,5%, ou seja, 13 milhões 200 mil trabalhadores procuram e não acham emprego. 
A culpa foi do PT. Claro que a culpa foi do PT. Só que os petistas já respondem por isso penalmente, como sói acontecer num Estado Democrático. Lula, Palocci, Dirceu e Vaccari, entre outros, cumprem penas pesadas. 
O povo se encarregou de tirar o PT da torre do comando e Bolsonaro foi eleito para resolver a situação. A tragédia do desemprego é prioritária no Brasil, não a nomeação de um ministro evangélico para o STF. Pelo amor de Deus, Bolsonaro!

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019