O que era pra ser motivo de orgulho vira constrangimento para Chitãozinho indicado por Ronaldo Caiado como embaixador do Rio Araguaia

Se não bastasse o cantor não ser nativo do estado, Caiado ainda tomou conhecimento que o sertanejo já teve problemas na justiça por conta de problemas, pasmem, ambientais. O Governador trapalhão parece não estar perdido só no quesito gestão após cinco meses na Casa Verde.
Resultado de imagem para Chitãozinho  Ronaldo Caiado
O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) dá a todo instante demonstrações de menosprezo por seus conterrâneos, depois de trazer uma Legião Estrangeira para assessorá-lo — os cargos relevantes (secretários da Saúde, da Educação, da Fazenda e da Segurança Pública) não estão ocupados por goianos --- imaginavam que ele só estivesse buscando nomes diferentes fora das caixinhas políticas do estado. Não contente, ele resolveu indicar um cantor do Paraná (consagrado no Mato Grosso e, depois, no país), Chitãozinho (José Lima Sobrinho, de 65 anos) como embaixador do (Rio) Araguaia. Não é nada formal — é quase uma espécie de título de nobreza —, mas tem força simbólica.


Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019