Inabilidade política é um grande problema, mas nem o mais pessimista do governo esperava essa declaração de Paulo Guedes





Para aprovar a reforma da Previdência no Congresso Nacional, o ministro Paulo Guedes decidiu apelar para a chantagem emocional, se colocando como alguém muito importante e imprescindível para o país retomar o caminho do crescimento. Na certa o "Chicago Boy" está se sentindo a última bolacha do pacote e sem ele o Brasil entraria numa espiral de retrocessos que ao contrário do crescimento esperado, produziria uma recessão sem precedentes para a economia e o setor produtivo.
Alguém deveria informar ao ministro que o brasil já está nessa situação desde que alguns políticos sem caráter ou sentimento patriótico começou a sabotar o governo de Dilma Roussef, sabotagem essa que culminou com o processo de impeachment e o afastamento de uma Presidente que não cometeu crime algum no exercício do mandato. A eleição de Jair Bolsonaro, ao contrário do que pensa Paulo Guedes, não se deu por conta do nome do ministro da economia ou da justiça, ela aconteceu pela insatisfação dos brasileiros com o quadro lhes foram apresentados no período eleitoral, mal sabia eles que sem um governo que priorize as demandas do povo e não as do mercado a situação ainda pode piorar mais.
A reforma da Previdência é vendida pelo Governo Bolsonaro como solução para tudo. É a reforma que vai recuperar a economia, tirar 63 milhões do SPC e diminuir sobre maneira a fila do desemprego que hoje atinge cerca de 13 milhões de brasileiros. A verdade é que sozinha a reforma da Previdência não vai arrefecer nenhuma agrura por que passa o país na área da economia sem um plano eficaz para resolver os problemas pontuais de investimentos, retomada do consumo e a confiança dos investidores no crescimento no médio prazo.
A mencionada confiança acabou abalada pelas declarações desastrosas do ministro Paulo Guedes quando quis pressionar o Congresso para aprovar a reforma e de quebra se autopromover como sendo o único fiador deste governo dar certo na área econômica... Pobre Paulo Guedes, está se achando a pessoa mais importante da história da República.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019