GOVERNO ABRE O COFRINHO


No #DinheiroNaConta de hoje, Mitchel Diniz comenta a revisão para baixo do PIB feita pelo governo. O crescimento esperado para 2019 passou de 2,2% para 1,6%. 
Dessa vez, não haverá bloqueio de verbas para os ministérios. O governo vai usar recursos de uma reserva de contingenciamento e, de quebra, vai desbloquear parte do orçamento que estava congelado para a educação. 
O professor Istvan Kasznar, da FGV/ Ebape, comenta a decisão. O Congresso se prepara para votar medidas importantes ainda hoje. 
Na Câmara, tem a MP 870, da reforma administrativa, que referenda a estrutura ministerial do atual governo. O texto, no entanto, prevê a devolução da demarcação indígena para Funai – assunto para Livia Andrade. 
Ela também comenta as mudanças no decreto das armas, que passou a restringir a concessão de armas de fogo portáteis. O Senado tem até hoje para aprovar a medida provisória que permite a abertura do setor aéreo para o capital estrangeiro, mas o texto também traz uma surpresa: a gratuidade da bagagem despachada.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019