Gaúcha vence maior feira de ciências do mundo


Como prêmio, Juliana Estradioto, de 18 anos, vai ganhar um asteroide com seu nome. Ela defendeu o estudo do reaproveitamento da casca da noz de macadâmia para criar uma membrana biodegradável.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019