Filho e mulher de Jair Bolsonaro na mira da Receita Federal


Uma equipe especial da Receita Federal vai investigar as declarações fiscais do senador Flávio Bolsonaro, do ex-assessor dele, Fabrício Queiroz, e de mais 93 pessoas, que tiveram os sigilos bancário e fiscal quebrados por ordem da 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. O objetivo é investigar transações financeiras.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019