Bolsonaro em respeito ao cargo


Bolsonaro não comparecerá às manifestações convocadas para o próximo domingo 26 de maio em (até agora) 60 cidades brasileiras, incluindo capitais e o DF, e recomendará a seus ministros que também mantenham distância prudente dos atos. Diz ainda que o faz isso por respeito ao cargo e responsabilidades. 
Aliás, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, já tinha dito que o governo precisa ficar neutro no caso. Quem sabe, poderá ser um bom primeiro passo para o chefe do governo, enfim, assumir o compromisso feito na posse de governar para todos os brasileiros, e não apenas para seus eleitores ou prosélitos. 
Isso, contudo, não pode ser interpretado como uma desqualificação dos atos programados, pois, em artigo no Blog do Nêumanne, o povo na rua é e será sempre benéfico para a democracia e para o País.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019