BOLSONARO VOLTOU. VAI (ENFIM) LIDERAR A REFORMA?


No #MorningCall desta quinta-feira (4), Mara Luquet conversa com Jojo Wachsmann, sócio-fundador da Vitreo, sobre os reflexos no mercado da ida do ministro Paulo Guedes à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). No cenário externo, o aparente entendimento entre China e EUA, juros na Alemanha em terreno positivo e o entendimento entre Theresa May e Jeremy Corbyn davam mostras de que seria um dia tranquilo na Bolsa.
Tudo ia bem até começar a confusão entre Guedes e o deputado Zeca Dirceu, que reacendeu as playlists dos anos 2000 com o retorno do Bonde do Tigrão, e derrubou a Bolsa brasileira. Apesar das boas novas no campo internacional, o cenário exige uma certa cautela para os investimentos com todo o ruído político nacional.
BOLSONARO VOLTOU. VAI (ENFIM) LIDERAR A REFORMA?

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019