O que Bolsonaro trouxe dos EUA? Nada!



A Embraer já tinha sido doada ao Pentágono a preço de Vale do Rio Doce - a preço de banana.

A promessa de transferir a embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém já tinha sido feita.

Durante a campanha, Bolsonaro avisou que não ia fazer negócio com a China, porque é contra comércio com "viés ideológico".

O alinhamento automático aos Estados Unidos já estava feito.

Bastava formalizar.

O Brasil renunciar à condição de "independente" e transformar Pedro I em suco!

Foi o que Bolsonaro fez na visita a Washington, e mais: cedeu nos vistos, nos porcos, no trigo, na base de Alcântara e, breve, por pressão de um financiador de Trump, vai mandar abrir os cassinos!

O problema de chegar ao fundo do poço é perceber que tem mais poço para descer.

O que falta?

Quase nada.

Porque o principal o Bolsonaro já deixou em Washington.

O quê?

Veja na TV Afiada!

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019