Como um gato desobediente ofuscou Putin e se tornou uma celebridade russa

As manhãs são passadas em meio aos últimos trabalhos de construção. O almoço é uma tigela de camarão gigante descascado à mão, degustado um por um. À noite, Mostik se instala em uma de suas cabanas favoritas, com capacetes e pilhas de documentos da companhia que toca a obra.
Resultado de imagem para Mostik, ou "Little Bridge"
Assim segue o dia a dia de Mostik, ou "Little Bridge", um gato gordinho, fofo, da cor gengibre e branco que se tornou um superstar improvável na Rússia e algo que um alter ego nada fofo do Kremlin normalmente proibiria. Mostik é o símbolo, a mascote considerada um talismã em todos os aspectos de um dos principais projetos políticos do Kremlin - a ponte que liga a Rússia à Península da Criméia, anexada da Ucrânia em 2014.
Imagem relacionada
O controle do presidente Vladimir Putin sobre a Crimeia trouxe condenação internacional e sanções dos Estados Unidos e da União Européia. A Ucrânia continua trancada em uma batalha com os separatistas apoiados por Moscou no leste do país, e a Rússia ainda não liberou dezenas de marinheiros ucranianos capturados no vizinho Mar de Azov no ano passado. 
Mas na Rússia, a anexação da Crimeia ao seu território é amplamente apoiada pela população. É ai que entra a figura do carismático gato Mostik.
A história sobre a origem do marmeleiro - um gatinho perdido adotado pelos trabalhadores da construção civil quatro anos atrás, quando o trabalho de ponte começou - se encaixa perfeitamente na forte narrativa russa de muitos russos pró-Putin. A popularidade de Mostik também fornece insights sobre como o Kremlin administra projetos patrióticos com uma audiência doméstica em mente.
Resultado de imagem para Mostik, ou "Little Bridge"
"O caso de Mostik é um exemplo pouco sofisticado da propaganda russa que visa humanizar a anexação russa da Crimeia", disse o legislador ucraniano Viktor Yelensky ao jornal americano The Washington Post.
Mostik apareceu na televisão estatal usando um capacete laranja em miniatura e um colete fluorescente do tamanho de um gato. Sua imagem agrada e ajuda a vender canecas, camisetas e até adesivos para o aplicativo de mensagens Telegram. Artistas plásticos renderizaram sua imagem em óleo sobre tela e as mulheres compuseram músicas em sua homenagem. 

Como um gato desobediente ofuscou Putin e se tornou uma celebridade russa

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019