Após temporada desastrosa Real Madrid recorre a Zinedine Zidane para voltar ao topo do mundo

O Real Madrid confirmou na tarde desta segunda feira, 11, o retorno de Zinedine Zidane como treinador para substituir Santiago Solari. O treinador francês, que assinou um contrato até junho de 2022, foi apresentado na sala de imprensa do Santiago Bernabéu.
O Conselho de Administração de Florentino Pérez decidiu "rescindir o contrato" de Solari, mas o técnico se ofereceu para continuar pertencendo aos quadros do clube. O Real Madri "aprecia" o trabalho do argentino além "do compromisso e a lealdade que ele sempre demonstrou a esta que é a sua casa".

O Real Madri e Zidane voltam a se juntar depois do "adeus" do técnico francês, que deu inicio a uma série de maus resultados e auferiu na pior temporada do time de branco na década. Julen Lopetegui assumiu pouco antes da Copa do Mundo na Rússia, criando toda a controvérsia em torno da seleção da Espanha, e permaneceu até 29 de Outubro, a data em que o clube de Madrid, cansado do mau desempenho da equipe nas competições, tomou a decisão de demiti-lo.

"ACEITAR VOLTAR VAI EXIGIR MUITO"

Solari, então treinador de Castilla, encarregou-se do time principal para tentar reverter o curso desastroso da história. Ele até conseguiu isso em alguns momentos, mas no último mês a crise técnica atingiu seu ápice: La Liga das Estrelas perdida, eliminação da Copa do Rey pelo arquirrival Barcelona e queda vergonhosa na Champions League depois de uma humilhante derrota por goleada imposta pelo Ajax em pleno Santiago Bernábeu.

Dada a escassez de técnicos do nível do clube disponíveis no mercado, o Real Madri viu na volta de Zizou a solução ideal para retomar o projeto vitorioso com alguns ajustes pontuais. Eles não discutiram valores financeiros, sendo Zidane um profissional com quem sempre foi fácil negociar, mas é sabido que o patamar do técnico subiu, valorizou significativamente e na certa o clube Merengue teve que ceder a alguma exigência para poder ouvir o tão esperado sim.

A saída de Gareth Bale e outros jogadores que deixaram de ser importantes para um novo ciclo, bem como a contração de grandes nomes do futebol mundial (ele insistiu muito no passado com Paul Pogba), devem ter sido colocados sobre a mesa pelo fracês como condições indispensáveis para o seu regresso apenas um ano após se despedir do clube mais vitorioso do mundo. Desde aquele inesperado adeus, ainda sob os confetes de Kiev na mente do torcedor, onde tudo deu errado desde então para o poderoso Real Madri.

Zinedine Zidane é o novo (velho) técnico do Real Madrid

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019