A SUBMISSÃO EXPLÍCITA DE BOLSONARO AOS OBJETIVOS NORTE-AMERICANOS


Em sua coluna no Nocaute, o ex-chanceler e ex-ministro da Defesa Celso Amorim comenta a visita de Bolsonaro aos Estados Unidos e o encontro com Donald Trump. Dentre todos os atos de submissão do presidente brasileiro aos Estados Unidos, Amorim destaca o acordo de uso da base de Alcântara pelo exército dos EUA, o decreto que concede visto de entrada ao Brasil unilateralmente a cidadãos norte-americanos e a presença inédita do presidente brasileiro na CIA, o maior centro da espionagem mundial.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019