Recife | Folia Brasileira: Apesar de classificação, Santa Cruz não fatura R$ 1,4 milhão da premiação

A felicidade de jogadores e torcedores do Santa Cruz após o final da disputa de pênaltis frente ao Náutico parecia comemorar a conquista, além da vaga na próxima fase da Copa do Brasil, também da suntuosa quantia para os cofres da equipe de R$ 1,4 milhão, prêmio concedido pela CBF.
Imagem relacionada
Contudo, em comunicado emitido na última quinta-feira (21) pelo próprio time Tricolor do Recife, foi informado que existia um acordo prévio ao duelo entre as equipes fazendo a divisão da cota de premiação independente de quem saísse classificado do embate no Arruda.

Segundo o comunicado, foi definido e registrado em documento protocolado e assinado pelos dois presidentes (Constantino Júnior por parte do Santa e Edno Melo, do Náutico) que 60% do valor iria para a equipe que ficasse com a vaga enquanto 40% ficaria com o time eliminado.

A principal justificativa dada pelo clube Coral era de não conseguir arcar com seus compromissos financeiros, principalmente com o fato de que os valores estavam comprometidos com dívidas relacionadas a atos trabalhistas.

Recife | Folia Brasileira | Questão Brasil | 64: Apesar de classificação, Santa Cruz não fatura R$ 1,4 milhão da premiação

Comentários