Professor Eduardo Fagnani (Unicamp) explica Reforma da Previdência



Antes de qualquer reforma da previdência, tem que haver uma reforma nos Três Poderes, você sabia que dentre as regalias dos ministros do STF existe um auxílio alimentação indecente em vigor, mais moradia, terno e 200 funcionário por ministros? Enquanto não enxugarem está máquina pública não deve existir reforma da previdência.

A previdência é superavitária a máquina pública e quem come quase tudo. Se for para apertar que comece pelos salários e benefícios dos figurões da Républica, inclusive revogar cada aposentadoria já concedida para políticos ou enquadra-las no teto previdenciário, e que os mesmos também sejam enquadrados na "nova previdência". O papo que o sistema está quebrado não cola diante de tantos descalabros na esfera pública, petróleo abundante, muitas riquezas minerais e pelo menos duas safras anuais.
Há muitos absurdos na proposta de Bolsonaro, imagine em um país onde o trabalhador fica anos correndo atrás de trabalho, vivendo de bicos para ter que dar o seu dinheiro ao Governo por 40 anos interruptos ou um operário da construção civil carregando um saco de cimento de 50 kg aos 63 anos... Será que as empresas vão o contratar?

No vídeo o economista Eduardo Fagnani, professor da Unicamp, fala sobre o projeto de Reforma da Previdência apresentado recentemente pelo Governo Bolsonaro.
Professor Eduardo Fagnani (Unicamp) explica Reforma da Previdência

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019