Mino Carta sobre Moro: "Há medíocres que merecem mais respeito que ele"



No Minólogo desta semana, o Diretor de Redação, Mino Carta, mostra a capa da semana, que traz o elenco do governo Bolsonaro, a exemplo do seu vice-presidente General Hamilton Mourão, seu filho Flávio Bolsonaro e outros ministros, com destaque para Sergio Moro (Justiça). 





Sobre ele, Mino comenta que é "um rapaz esforçado, gosta de aparecer, muito vaidoso. Mas quando ele se arvora a jurista, na condição de revisar códigos que resultam toda uma longa tradição que representa a coluna mestra do Direito, quando se mete nessa empreitada, ele demonstra todos os limites da sua mediocridade irreversível. É provinciano, medíocre. Eu diria que medíocre é uma forma até carinhosa de dizer. Há medíocres que merecem mais respeito que ele"

O diretor executivo de CartaCapital, Sergio Lirio, levanta questionamento a Mino Carta a respeito da nova condenação deferida ao ex-presidente Lula, "não te parece que essa nova condenação do Lula, ela vem para reforçar esse pacote anticorrupção do Moro? Com esse pacote ele legaliza, ou seja, torna lei os excessos da Lava Jato". Mino responde com clareza "Sem dúvidas, é isto mesmo, ele pretende legalizar a ilegalidade", encerrou.

Comentários