‘Decisão judicial se cumpre’, diz Renan sobre eleição secreta no Senado



O candidato à presidência do Senado Renan Calheiros (MDB-AL) elogiou neste sábado (2.fev.2019) a decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, que determinou que a votação para escolha do comando da Casa seja secreta.

“Eleição tem como princípio universal aqui no Brasil, na Rússia, nos Estados Unidos o voto secreto (…). Não há eleição sem voto secreto, porque teríamos uma influência deletéria da mídia, do poder econômico, do poder político, do poder judicial”, disse o senador a jornalistas antes de entrar no plenário da Casa.

Comentários