CLASSIFICAÇÃO da SUB-20 na vitória por 1 a 0 contra a BOLÍVIA no SUL-AMERICANO

A Seleção Brasileira está classificada para o hexagonal do Sul-Americano Sub-20 do Chile! Nesta sexta-feira (25), a equipe comandada pelo técnico Carlos Amadeu venceu a Bolívia por 1 a 0, no Estádio El Teniente, em Rancagua, e avançou na competição. O gol do triunfo foi marcado por Lincoln, de pênalti.

Com o resultado, o Brasil chegou a sete pontos e ocupa o segundo lugar do Grupo A neste momento, garantido na próxima fase. Chile e Colômbia, ambos com quatro pontos, se enfrentam ainda nesta sexta-feira, podendo alterar a posição da Canarinho na tabela. Os primeiros jogos do hexagonal final estão marcados para a próxima terça-feira (29).

O Sul-Americano Sub-20 distribui quatro vagas para o Mundial da categoria, que será disputado na Polônia entre os meses de maio e junho deste ano. Os três primeiros colocados também garantem presença no Pan-Americano, em Lima, entre julho e agosto.

O jogo

Buscando a classificação, o Brasil dominou as ações e teve a maior posse de bola diante dos bolivianos. A primeira chegada foi logo aos quatro minutos, quando Rodrygo cruzou para Marquinhos Cipriano, que cabeceou para fora. Depois, Rodrygo cobrou falta e a bola foi com veneno ao gol de Cuéllar, que conseguiu fazer a defesa. O camisa 10 brasileiro ainda chegou perto após cobrar escanteio aos nove minutos e, depois, aos 18, quando roubou a bola na entrada da área e finalizou com perigo. Nas duas ocasiões, Cuéllar evitou o gol. Até que, aos 24, Walter Anteloc derrubou Rodrygo dentro da área. Na cobrança do pênalti, Lincoln chutou com estilo no canto esquerdo do goleiro boliviano: 1 a 0. O camisa 9 quase fez o segundo aos 43, quando ficou com a bola, entrou na área e finalizou à esquerda do gol adversário.

Na volta do intervalo, a Bolívia ensaiou uma reação, levando perigo aos dez minutos, quando Sebastián Melgar cabeceou por cima do gol brasileiro. Depois, o Brasil foi administrando a vantagem no placar e buscando alguns espaços para tentar ampliar o marcador. No entanto, os bolivianos seguiam no ataque. Aos 26, Ramiro Vaca arriscou de primeira de fora da área e obrigou Phelipe a fazer grande defesa. Depois, o Brasil encaixou o contra-ataque e quase ampliou em duas oportunidades. Primeiro, Toró partiu em jogada individual e foi cortado pela zaga. No lance seguinte, Tetê recebeu livre na entrada da área, mas o chute saiu à direita do gol boliviano. Os adversários ainda insistiram nos minutos finais, mas a Canarinho segurou o placar e garantiu a classificação para a próxima fase.

Brasil: Phelipe; Emerson, Vitão, Walce e Luan Cândido; Luan Silva, Ramires e Marcos Bahia (Gabriel Menino); Marquinhos Cipriano (Jonas Toró), Rodrygo e Lincoln (Tetê).

Comentários