Músico agride esposa doente e filha autista e não é preso em São Paulo


Um músico foi indiciado por tortura nesta quinta-feira (13), após agredir a esposa diagnosticada com câncer e a filha autista em São Paulo. Segundo a polícia, José Roberto Cornago, de 46 anos, confessou a violência e disse que a filha possui um pequeno grau de autismo e que por isso, costuma a perder a paciência com ela. 
Sobre a mulher, ele justificou sentir-se pressionado por causa dos problemas de saúde dela. O músico foi indiciado por crime de tortura e não foi preso.
De acordo o delegado, a lei não permite prisão imediata nesse caso.

Google+ Followers - Seguidores