Filha de João de Deus foi vítima de estupro, diz advogado em nota

O médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, teve a sua prisão decretada nesta sexta-feira, 14, pela Justiça de Goiás. Ele é alvo de mais de 300 acusações de abuso sexual de mulheres que participaram de rituais religiosos na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, no interior de Goiás. Em sua página no Instagram, João de Deus postou um vídeo em que Dalva Teixeira nega que tenha sido abusada. A VEJA, ela disse que a gravação foi feita sob ameaça há um ano e cinco meses. “Informamos que o vídeo foi gravado mediante coação e grave ameaça de morte aos seus filhos, ainda quando estava internada numa clínica de reabilitação”, disse em nota o advogado Marcos Eduardo Cordeiro Bocchini.
via Filha de João de Deus foi vítima de estupro, diz advogado em nota — VEJA.com

Google+ Followers - Seguidores