O ex-corintiano que deu certo no futebol goiano, e não é o Alan Mineiro

O torcedor do Corinthians mais atento já percebeu que o camisa 10 do Goiás tem passado alvinegro. Giovanni Piccolomo, de 24 anos, saiu das divisões de base do clube paulista para vencer o Mundial de Clubes de 2012, mas acabou perdendo espaço e rodando por vários times nos anos seguintes. Nesta temporada, encontrou seu melhor futebol para ser o líder de assistências da Série B do Campeonato Brasileiro e ainda comemorar o acesso à elite. 
Giovanni passou por várias peneiras para entrar no Corinthians, além de três categorias de base até virar profissional após a Copinha de 2012. Mas viveu má fase, com vários empréstimos, até se encontrar no Náutico. 
Em 2018, já sem vínculo com o clube paulista, brilha no Goiás, que na última rodada garantiu acesso à Série A com direito a gol do meia. "É o melhor ano da minha carreira. É o ano em que mais joguei, tive 53 jogos no ano. 
Para mim foi 100%, com o título estadual e o acesso conquistado", celebra Giovanni, em entrevista ao UOL Esporte. Ele alcançou regularidade inédita ao ser titular absoluto nesta temporada, com sete gols e 19 assistências - nove destas na Série B, da qual é o principal garçom. Números muito diferentes dos anos anteriores. 

Postagens mais visitadas