Alinhados com o chefe! Futuros ministros e suas declarações atrapalhadas antes da posse

Mesmo após veto de Bolsonaro, Mendetta defende avaliação periódica dos médicos brasileiros

Indicado para Educação fala muitas bobagens sobre “ideologização”, prega a limpeza no MEC, censura e vigilância sobre professores nas escolas. Só não conseguiu dizer o que pretende fazer para melhorar o ensino no Brasil.
Enquanto isso o futuro ministro da Saúde quer aplicação do revalida (modelo OAB) para os médicos formados no Brasil. 

Ambos fizeram Bolsonaro se indispor, via imprensa, com o Presidente da OAB, ao passar um "pito" neles. O Presidente eleito disse não concordar com as ideias apresentadas e ressaltou a necessidade de alinhar o discurso com os auxiliares.

Postagens mais visitadas