O otimismo inabalável de um candidato: o ex-ministro da Fazenda

Henrique Meirelles comandou a política econômica do governo mais impopular da história do Brasil, mesmo assim o ex-ministro tem a confiança de que pode fazer um bom papel como candidato a Presidente. O MDB não tem alternativa viável e se quiser disputar a eleição com candidato próprio será obrigado a bancar o goiano na disputa.
O PSDB de Geraldo Alkimin ainda sonha com a união dos partidos da Centro-direita em torno da sua candidatura e Meirelles é apontado por tucanos de alta plumagem como sendo o vice ideal para alavancar a candidatura do ex-governador de São Paulo. Os críticos desta aliança não deixam passar em branco, após Alkimin receber apoio de Valdemar da Costa Neto, Paulinho da Força e Roberto Jefferson, a união com o MDB seria a cereja do bolo em uma chapa que retrata a velha política recheada de gente suspeita de tudo.

São Paulo – Na noite de quinta-feira, 19, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) estava a caminho do aeroporto de Congonhas, onde um jato fretado aguardava para levá-lo a Brasília, quando foi informado pelo jornal O Estado de São Paulo que partidos do Centrão decidiram apoiar Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa presidencial. Se confirmado…
via O otimismo inabalável de um candidato: o ex-ministro da Fazenda — EXAME

Postagens mais visitadas