Ministro do STF diz que processo contra Lula não é injusto


Ministro do STF que costumeiramente favorece pessoa suspeitíssima no âmbito do Supremo Tribunal Federal, dá a sua opinião "isenta" sobre o julgamento de Lula e a pressa com que o judiciário aplicou neste julgamento. O Ministro do STF não é a pessoa mais indicada para falar em isenção, tratamento igualitário ou algo que o valha, já que suas decisões, bem como a de seu colega Gilmar Mendes, são constantemente alvos de contestação até mesmo no meio jurídico por favorecer suspeitos mesmo diante de tantas provas comprobatórias de seus crimes.

Comentários