Acusação contra Advogado, amigo de Sérgio Moro, de intervir em acordo pode desmoralizar delações

Uma notícia aqui, outra ali, Ministro do STF criticando as ações oriundas em Curitiba e por ai vai. Além do enfraquecimento da Lava Jato por parte do Governo Temer, vão aparecendo pequenas denúncias que visam desacreditar por completo os Procuradores da força tarefa e o Juiz Sérgio Moro.

O assunto que causou impacto agora diz respeito ao advogado Rodrigo Tacla Duran, que trabalhou para a Odebrecht de 2011 a 2016, acusa o advogado trabalhista Carlos Zucolotto Junior, amigo e padrinho de casamento do juiz Sergio Moro, de intermediar negociações paralelas dele com a força-tarefa da Operação Lava-Jato. 

A notícia foi publicada pelo jornal "Folha de S. Paulo". A mulher de Moro, Rosângela, já foi sócia do escritório de Zucolotto. 

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019