Figurinista diz se foi amante de José Mayer e ataca até delegado



Susllem Tonani - também chamada de Su Tonani - voltou a mídia nesta sexta-feira, 5, após ver sua vida recheada de um turbilhão de acontecimentos. Ela acusou o ator da Rede Globo de Televisão, José Mayer [VIDEO], de assédio sexual. Ela voltou a se pronunciar no mesmo espaço que tinha feito antes. A figurinista usou o blog 'Agora é que São Elas', dedicado ao público feminino, do jornal 'Folha de São Paulo', para fazer um relato sobre como a sua vida ficou após a denúncia e também o movimento de mulheres na Rede Globo de Televisão.

Após dizer que #José Mayer a assediou, Su recebeu o apoio de muitas mulheres no movimento 'Mexeu com uma, Mexeu com Todas'. Até mesmo a maior emissora do país, através de seu principal telejornal, o 'Jornal Nacional', pediu desculpas à Tonani.

No novo pronunciamento, publicado nesta sexta-feira, 5, Su lembra que as investidas de José contra ela duraram oito meses, tempo em que trabalhou na novela das nove da emissora, 'A Lei do Amor'. No folhetim, 'Zé' interpretava o turrão Tião, um homem machista e que contratava garotas de programa para o seu prazer. Su diz no texto que não foi amante do ator, diferente do que o jornalista Léo Dias, do jornal 'O Dia' e do 'Fofocalizando', do SBT, chegou a publicar. Léo disse que o relacionamento dos dois aconteceu no passado e Mayer, mesmo casado, não teria aceito tão bem a ideia da separação. Su conheceu um novo rapaz e queria viver essa nova história, mas segundo Dias, o galã da terceira idade da Rede Globo de Televisão não aceitou muito bem a ideia.

Em outro ponto do texto, a profissional nega que a TV Globo a tenha demitida.

De acordo com ela, o seu contrato era válido até o final da novela 'A Lei do Amor' e a figurinista teve seu salário recebido até o último dia. Su ainda revela que não teria feito qualquer tipo de acordo com o ator global, afastado por tempo indeterminado de suas funções, ou com a própria Globo. A profissional ainda nega que tenha feito uma queixa na polícia contra o ator. Ela ainda critica e até ataca a polícia e os jornalistas, que a defenderam.

"Eu fui vítima de assédio sexual. E agora estou sendo vítima novamente. Das especulações que colocam dúvidas sobre a minha dor. E me fazem revivê-la.", disse ela.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019