Após devastadora ACUSAÇÃO contra TEMER, oposição provoca alvoroço na Câmara


Os empresário, donos do frigorífico JBS, Joesley e Wesley Batista, disseram em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) que gravaram o presidente Michel Temer tentando comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Apesar de afirmarem que o presidente não era o responsável pelo pagamento, Temer sabia das negociações.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019